Nova Mutum, 15 de Novembro de 2019
DÓLAR: R$
Logomarca

Quarta-Feira, 04 de Setembro de 2019, 16h:50 | A | A

AGRONEGÓCIO

Preço da soja em Mato Grosso fica mais próximo dos praticados em Chicago, diz Imea

Por: Assessoria

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Os preços da soja melhoraram em Mato Grosso e ficaram mais próximos aos preços oferecidos em Chicago. Na sexta-feira (30), por exemplo, a BASE-MT fechou em R$ -5,25/saca, “sendo este valor 53,96% menor do que no mesmo período do ano passado, porém 11,25% maior do que a média dos últimos cinco anos. Sendo assim, a alta volatilidade do dólar e do prêmio pode oportunizar negócios e por isso a atenção dos produtores a estes indicadores é muito importante neste momento”. A análise é do IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária, em seu boletim semanal.

O indicador de Base Mato Grosso consiste na diferença do preço médio no Estado em relação ao preço de Chicago (EUA) do contrato corrente. “Assim, quanto menor o valor, mais distantes os preços de Mato Grosso estão da equivalência nos portos brasileiros dos valores oferecidos na CME. Neste sentido, ao longo da média dos últimos cinco anos, o histórico é de um movimento de alta entre os meses de julho a novembro. Em agosto deste ano a movimentação não foi diferente, com a alta do dólar –aumento cambial mensal de 7,44% -“, acrescenta o instituto.

O preço da soja disponível em Mato Grosso fechou a última semana passada com uma cotação média de R$72,59/saca, avanço de 3,01%. A demanda chinesa e a alta do dólar seguem impulsionando as cotações.

COMENTÁRIOS





ENQUETE POWER MIX

QUAL MEIO DE COMUNICAÇÃO VOCÊ UTILIZA PARA FICAR INFORMADO?

Obrigado pela participação