Nova Mutum, 20 de Agosto de 2019
DÓLAR: R$
Logomarca

Sexta-Feira, 17 de Maio de 2019, 02h:12 | A | A

GERAL

Vereadores solicitam convênio para utilizar mão de obra carcerária para a fabricação de artefatos

Por: Mauricio Medeiros - DECOM | CMNM

Foto: Ilustração/Internet

Foto: Ilustração/Internet

A população carcerária cresce a cada ano, os que pretendem reconstruir a vida têm como maior desafio conseguir um trabalho, por conta do estigma e do preconceito.

Com a intenção de oferecer uma nova oportunidade, os vereadores Alexandre Tavares, Airton Pessi, Altair Albuquerque e Lucas Badan apresentaram a indicação nº 109, onde solicitam a realização de convênio entre Prefeitura e Poder judiciário com a finalidade de obter mão de obra carcerária para reativar a fábrica de artefatos de concreto, em Nova Mutum.

A utilização da mão-de-obra carcerária pode se tornar uma boa alternativa às dificuldades vivenciadas pelos Municípios, pois teria um custo menor, além da reintegração do reeducando à sociedade.

Como benefício social, a contratação de mão-de-obra carcerária é fundamental para a prevenção da reincidência criminal. Gera sentimento de responsabilidade, contribuí com a formação da personalidade e realmente capacita o cidadão condenado para o retorno ao convívio social. 

COMENTÁRIOS





ENQUETE POWER MIX

Você faz alguma atividade física regular (mais de 2 vezes por semana)?

Obrigado pela participação