Nova Mutum, 14 de Outubro de 2019
DÓLAR: R$
Logomarca

Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 00h:24 | A | A

CRIME BÁRBARO

Sorriso: Em nova oitiva, assassino que arrancou o coração da tia confessa crime e diz que não se arrepende

“Eu matei ela mesmo, não me arrependo de ter matado, ela mereceu morrer!", disse Lumar

Por: Portal Sorriso

Foto: Portal Sorriso

Foto: Portal Sorriso

Na tarde desta quarta-feira (10), Lumar Costa da Silva, 28 anos, que matou e arrancou o coração da tia Maria Zélia Cosmos, 55 anos, foi ouvido novamente pelos investigadores da DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa) da Polícia Judiciária Civil de Sorriso. Segundo os investigadores, em seu depoimento, o rapaz disse que estava sob influência de drogas quando cometeu o crime. “Com a nova oitiva, a Polícia Civil pretende que ele exponha os motivos da agressão e desse fato macabro que ele cometeu. Chegando aqui na delegacia ele estava tranquilo. Ao mesmo tempo em que ele parece lúcido ele fala que o universo controla ele. O que dá entender realmente é que ele, no momento do ato, estaria sob efeito de drogas e também sob influência de algum problema psíquico que só especialistas para saber melhor”, disse Márcio Coutinho, investigador da DHPP.

Em entrevista à imprensa, Lumar confessou o crime e disse não estar arrependido do que fez. “Eu matei ela mesmo, não me arrependo de ter matado, ela mereceu morrer! Ela estava me sacaneando, me chamando de veado, de drogado e eu só queria paz. No dia eu tinha tomado LSD (droga sintética), e não tinha planejado nada, foi acontecendo”, disse Lumar que ainda relatou que ouve vozes do universo “eu ouço o universo, ele fala comigo sempre. No dia ele disse “mata ela logo, ela tem que morrer”. Ainda, no meio da entrevista, Lumas falou de sua mãe:  “a minha mãe é um demônio aquela praga, ela me batia, me enforcava, me expulsava de casa. Antes de vir para Sorriso eu briguei com ela por conta de uma música. Ela pegou facão e quis me matar. Eu devia ter matado aquela desgraçada por tudo que ela fez pra mim”, disse Lumar.   

Depois de ser ouvido pelos investigadores, Lumar foi levado de volta para o CRS (Centro de Ressocialização de Sorriso), onde permanece preso em cela separada dos demais detentos.

GALERIA DE FOTOS

COMENTÁRIOS





ENQUETE POWER MIX

QUAL MEIO DE COMUNICAÇÃO VOCÊ UTILIZA PARA FICAR INFORMADO?

Obrigado pela participação